História da Quiropraxia!

 

Origem e História

História da Quiropraxia no Brasil

Quiropraxia na mídia popular

Área de Atuação e Pesquisas Científicas

Referências

 

Área de Atuação e Pesquisas Científicas

 

A atuação do fisioterapeuta quiropraxista está no sistema neuro-músculo-esquelético. Os principais acometimentos tratados pela Quiropraxia são:[12]

Existem centenas de pesquisas que relatam o tratamento de Quiropraxia como uma das formas mais seguras para acometimentos articulares, especialmente a coluna vertebral.

Um estudo conduzido pelo médico T.W. Meade, publicado no British Medical Journal, concluiu, após dois anos de acompanhamento dos pacientes, que "para pacientes com dor na coluna lombar, para os quais não haja contra-indicação quanto à manipulação articular, a Quiropraxia praticamente garante benefícios compensadores e de longa duração, em comparação aos tratamentos hospitalares ambulatoriais oferecidos a pacientes".[13]

Médicos e Quiropraxistas da Corporação RAND e de várias outras institutições acadêmicas, realizaram uma revisão de literatura sobre o tratamentos para dor cervical. Os autores concluíram que a manipulação articular é mais eficaz de que a mobilização ou tratamento fisioterápico de alguns casos de dor cervical subaguda ou crônica e perceberam que "todos os três tratamentos são provavelmente superiores ao tratamento médico".[14]

Boline e cols conduziram um estudo, no ano de 1995, randomizando, comparando a manipulação articular da coluna com a medicação para dor (amitriptilina) no tratamento de cefaléia tensional. Os autores concluíram que os analgésicos tem eficácia de curta duração e apresentam efeitos colaterais, enquanto "quatro semanas após a conclusão da intervenção, o grupo que sofreu manipulação da coluna demonstrou redução de 32% na intensidade da dor de cabeça, 30% no uso do medicamento simples, e 16% de melhora funcional da saúde, como um todo. O grupo que recebeu a terapia por amitriptilina não demonstrou melhora alguma, tendo apresentado, inclusive, uma piora sutil".[15]

  • Satisfação ao Tratamento Quiroprático -

Um estudo de 1998 relatou que a Quiropraxia é o tratamento não médico mais freqüentemente usado nos EUA e proporciona alta satisfação aos seus usuários: "Praticamente todos os pacientes tratados por um quiropraxista declaram-se satisfeito com o seu tratamento; três quartos (73%) declaram-se 'muito satisfeito' e 23% declaram-se 'razoavelmente satisfeito' ".[16]

 

Design downloaded from free website templates.